Reunião do Pequeno Grupo

Reunião do Pequeno Grupo

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

QUANDO DEUS FALA

''Maria guardava todas estas coisas e sobre elas refletia em seu coração''. Lucas:2-19

Maria poderia ter perdido o eixo, se deslumbrado, ter sido levada sem controle pela emoção dos acontecimentos, mas manteve-se firme e consciente de sua dependência de Deus. A mãe do Salvador não achava que sabia tudo e não sabia mesmo. Não sabia nem o que aconteceria de bom, nem o que a faria sofrer. Ela tinha a serenidade de tudo observar e guardar no coração. Agasalhava dentro de si as maravilhas contadas pelos pastores. Não era suficiente somente ouvir sobre os propósitos de Deus na terra por meio daquele nascimento que mudaria a história do mundo inteiro. Era preciso guardar a mensagem no coração, pois os mistérios de Deus são maravilhosos e profundos demais para passarem somente pelos ouvidos. A razão pela qual muitas e muitas vezes a Palavra de Deus não frutifica em nós e não muda o nosso modo de viver é que só ouvimos. Ficamos animados, sobressaltados, eufóricos, empolgados, mas é bem verdade também que o efeito logo passa. Hoje o Senhor falará conosco. Certamente ele falará. Não percamos a oportunidade que nos é dada. Não desperdicemos as preciosidades que o Senhor nos revelará deixando que tudo atavesse de um ouvido ao outro. Não somente ouvir, não somente se maravilhar, não somente se empolgar: imprescindível é degustar e digerir tudo o que o Senhor nos diz, para depois colocá-lo em prática. Guardemos tudo no coração - com o auxílio do Espírito Santo passaremos então a entender que grandes coisas o Pai nos reservou. Nem tudo que o Senhor nos diz já compreendemos de imediato, é necessário sair da superficie, meditar com cuidado, sem pressa, com reverência e gratidão.


PARA TEREM VALOR, OS TESOUROS QUE O SENHOR NOS TRANSMITE PRECISAM SER GUARDADOS, MANUSEADOS  E APLICADOS EM NOSSA VIDA....


Pão diário

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

A CASA NA ROCHA

''E desceu a chuva, correram as torrentes, sopraram os ventos, e  bateram com impeto contra aquela casa; contudo não caiu, porque estava fundada sobre a rocha''. Mateus:7-25
Chuvas, torrentes, ventos, tempestades batendo com ímpeto contra a construção da nossa vida - eis a realidade do nosso dia a dia. Mas como a casa sobre a rocha não caiu, assim a nossa vida vai continuar. A razão da casa não cair era o seu alicerce: estava construida sobre a rocha. Jesus é a Rocha Imortal dos Séculos. Nossa vida tem que estar firmada em Jesus. As tempestades nunca faltarão, haverá dores, angústias, crises, problemas. Haverá conflitos, lutas, desentendimentos, separações, perdas, saudades...Os ventos fortes baterão com ímpeto, a nossa casa frágil até balançará ao barulho do temporal.  Mas Jesus é a Rocha eterna, ''quem nele crer não será confundido''. Haja então abalos e escarcéus, vendavais e cataclismas, tudo tentando nos levar de roldão, mas firmados no Senhor resistiremos e não cairemos, porque estamos edificados sobre a Rocha. Jesus nunca disse que não teríamos dificuldades, mas disse que a vitória estava garantida por ele, que é a Rocha da nossa eterna segurança.

TENHO CONSTRUIDO MINHA VIDA NA ROCHA ETERNA?

manancial

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

OS SAPATOS DO CRISTÃO...

''e calçados os pés com a preparação do evangelho da paz'' Efésios:6-15
O sapato é um acessório indispensável aos nossos pés. Sua função é protegê-los, o soldado usa botas resistentes e confortáveis para que seus pés caminhem seguros pelos caminhos íngremes e tortuosos. É uma necessidade estar preparado para as longas caminhadas da vida cristã, para as jornadas evangelisticas. Essa preparação é chamada pelo apóstolo Paulo de ''evangelho da paz''. O evangelho é a noticia mais bela que o mundo já ouviu e experimentou, pois ''é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê''Rm:1-16. O evangelho é a noticia maravilhosa porque é ''nova de paz''. Quando Jesus, o nosso Salvador, veio ao mundo, a milícia celestial louvava a Deus dizendo: ''Glória a Deus nas alturas, paz na terra entre os homens de boa vontade''Lc:2-13,14. O profeta Isaías no capitulo 52:7 diz: ''Quão formosos são os pés do que anuncia as boas novas, que faz ouvir a paz, que anuncia coisas boas, que faz ouvir a salvação''. O mundo vive em constante conflito, por desconhecer a mensagem de paz e salvação que só Jesus pode dar. Temos perdido tempo em coisas inúteis, quando deveriamos ocupá-lo  na transmissão dessa mensagem. Ainda há tempo para calçar os pés com o ''evangelho da paz''.

MEUS PÉS SÃO FORMOSOS POR ANUNCIAR A VERDADEIRA PAZ?

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

QUEM AGRADA? Salmo:15

''Seja um exemplo ...na palavra, no procedimento, no amor, na fé e na pureza'' I Tm:4-12b
Quem consegue agradar a Deus? Muitos buscam isso frequentando comunidades cristãs - não perdem um evento, outros ocupam todo seu tempo - disponível ou não - fazendo algo para Deus. Há aqueles que se esforçam em comunicar o evangelho ao maior número de pessoas possível - mas não se envolvem com a vida delas. Alguns se dedicam ao estudo profundo da Bíblia, sabem palavras gregas e hebraicas, mas não praticam o que aprendem nem compartilham suas descobertas. Por fim, algumas pessoas decidem ''comprar'' o amor de Deus doando somas elevadas , às vezes comprometendo suas finanças. Quem age de uma dessas formas ainda não entendeu que Deus não se importa tanto com nossa presença nos cultos, nosso ativismo, com o numero de pessoas alcançadas, nosso conhecimento bíblico ou nosso dinheiro. São atividades válidas na vida cristã sim, é verdade. Mas Deus não quer atividades, quer nosso coração! Para ele a motivação vale mais que um resultado humanamente mensurável. Para agradar a Deus, portanto temos de investir em nosso caráter. O Salmo 15 mostra como: tendo uma vida irrepreensivel diante dos  homens e de Deus. Isso significa buscar e praticar a justiça, sem discriminação ou favoritismo; dizer sempre a verdade e manter a palavra, nunca fazer mal a outra pessoa intencionalmente, orientar-se por quem teme a Deus e não bajular quem o despreza, não se aproveitar de quem está passando por necessidades financeiras nem praticar suborno. É facil agradar a Deus? Com certeza  não, como sempre tendemos para o mal, temos de pedir a Deus constantemente que molde nosso carater para que cheguemos a um padrão aceitavel para ele. Então comprovaremos que um cristão integro não é abalado, pois não há o que esconder ou temer. Não significa que não tenha problemas, a questão é que ele não pode ser acusado de erros que desagradam a Deus.

QUANDO AGRADAMOS A DEUS ELE PODE SORRIR AO SONDAR NOSSO CORAÇÃO

Pão diário

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

RECONHECENDO A VERDADE

''Contudo muitos da multidão creram nele, e diziam: Será que o Cristo, quando vier, fará mais sinais do que este tem feito?'' João:7-25
A tradição judaica tentava obscurecer as verdades do evangelho que Jesus pregava, ainda que reconhecemos o insucesso e a inutilidade de todas essas tentativas. A razão desse novo conflito era a procedência de Jesus, que deveria aparecer repentina e sobrenaturalmente, ninguém saberia de onde viria, ao passo que eles sabiam que ele viera da baixa Galiléia. Outra vez o Senhor frustra os planos da tradição para obscurecer a verdade. Ele propôs duas questões: a primeira trata do conhecimento de sua procedência ao nível puramente terreno: ''Sim, vós me conheceis, e sabeis de onde eu sou''(v28a). A sua segunda proposição trata de sua origem no seu sentido transcendental: ''Vós não conheceis''. O resultado é que ''muitos da tradição creram nele''(v31). Ainda que precisando crescer na fé, já podiam reconhecer a verdade. ''A verdade é como o sol, a quem um eclipse pode escurecer, mas não pode extinguir''.

AINDA GUARDO NO ÍNTIMO ALGUMA DÚVIDA SOBRE A VERDADE DE JESUS?

sábado, 3 de dezembro de 2011

PALAVRAS E AÇÕES

''E dizendo ele essas coisas, todos os seus adversários ficavam envergonhados, e todo o povo se alegrava por todas as coisas gloriosas que eram feitas por ele''. Lucas:13-17
Um notável ato de misericordia realizado por Jesus suscita dúvidas e esclarecimentos durante um culto na sinagoga. A legislação judaica, conforme interpretada pelos rabinos, jamais teria permitido a Jesus realizar aquele milagre em um dia de sábado. Mas o Mestre, evidentemente, priorizava uma necessidade humana a exigências ritualistas. A violação deste padrão judaico foi a brecha encontrada pelos chefes da sinagoga para abalar a influência de Jesus perante o povo. O magnífico é a forma como o Senhor contorna a situação, fazendo um apelo á razão, comparando a superioridade do ser humano sobre um animal. Na verdade os chefes da sinagoga pouco se importavam com a lei e a sua interpretação, eles estavam incomodados com Jesus, por ser de movimento contrário a eles. Jesus proferiu  palavras sábias que levaram os líderes a tomarem consciência do seu erro, de modo que ficavam envergonhados de seus atos diante de todo o povo, embora não mudassem de atitude. As pessoas se sentiram sensibilizadas com a ação de Jesus de modo que se alegravam com o ato tão maravilhoso. É provável que todos fossem movidos de uma grande compaixão por aquela pobre mulher. Palavras e ações é a lição que fica para nós hoje. Que a exemplo de Jesus possamos proferir palavras sábias, que levem as pessoas à consciência e a ações de sensibilidade e compaixão para com os que nos rodeiam.

SOU SENSÍVEL ÀS PALAVRAS E AÇÕES DE JESUS?



manancial

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

INTENSIDADE Hebreus:5-7 a 10

''Procure a sabedoria como se procura a prata e busque-a como quem busca um tesouro escondido''.Pv:2-4
Alguém afirmou que a razão pela qual alguns cristãos não crescem na fé é a falta de um desejo forte de que isso aconteça. Se quisessem a todo o custo conhecer melhor a Deus, teriam um relacionamento mais profundo com ele. Deus não despreza um coração quebrantado e contrito  (Sl:51-17b). Depois de cantar o hino '' o chorar não salva'', um cristão disse: ''mas ajuda muito se as lágrimas forem de arrependimento por seu erros''. Jesus não precisava se arrepender, mas chorou por outras razões. Ele desejou intensamente fazer a vontade do Pai até o último momento, mesmo sabendo que isso incluia sofrimento: ''Vim  para fazer a tua vontade, ó Deus'' (Hb:10-7). Enquanto isso, seus  discipulos cochilavam (Mt:26-42), não é de admirar que muitos deles fugissem na hora da crucificação. Conta-se que um fruticultor viu que uma de suas árvores deixou de dar frutas. Lembrou-se então de um remédio antingo, buscou seu martelo e um prego e fincou-o no tronco da árvore. Admirou-se quando no próximo ano, a árvore produziu. Em nossa vida talvez tenhamos permitido um lapso na nossa dedicação a Cristo, e então um ''prego'' nos despertou - pode ser um problema, uma aflição. Ainda bem que Deus com amor nos ensina: ''Aproximem-se de Deus, e ele se aproximará de vocês'' (Tg:4-8). Ele concede o tesouro ''a sabedoria'' a quem manifestar um desejo intenso, como vemos no verso acima. Precisamos ''cavar'' de novo na Bíblia e descobrir uma nova intimidade com Deus. A começar, ele espera que você confesse seus erros, para dele receber o perdão e a purificação (I Jo:1-9). Depois, almeja levar você passo a passo a crescer na vida cristã. Mantenha sempre seu relacionamento com ele, e ainda que outros se contentem com pouco, procure conhecê-lo mais e mais todos os dias e será recompensado!

A VIDA CRISTÃ É UMA BUSCA INTENSA POR DEUS, TODOS OS DIAS...

Pão diário

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

OS DOIS CAMINHOS

''porque o Senhor conhece o caminho dos justos, mas o caminho dos ímpios conduz à ruína'' Salmo:1-6
Viver a vida tem sido definido como seguir por alguns caminhos, andar, viajar com um destino a ser alcançado. O Salmo 23 é bem claro na ilustração em que o Bom Pastor conduz sua ovelha até que esteja segura na ''Casa do Senhor'' e nela passa a habitar todos os dias da sua vida. É exatamente a escolha do caminho a seguir que determina o destino final e também as experiências agradáveis ou desagradáveis, positivas ou negativas, construtivas ou destrutivas durante essa trajetória. A vida de muita gente tem sido uma sucessão  de conflitos, angústias e desesperanças, simplesmente por que escolhem viver à parte de Deus e desconsideram os benefícios de sua companhia. Outros pensam que seguem caminhos direitos ''mas o fim deles são os caminhos  da morte'' Pv:14-12. Deus tem indicado ao homem o caminho em que ele deve andar. O Senhor mesmo preparou o caminho da libertação do pecado, da comunhão, da vida eterna, da sábia orientação Divina - Jesus Cristo. Por isso o Salmo 1 sentencia categórico: ''O Senhor conhece o caminho dos justos, (que é o próprio Senhor Jesus  Jo:14-6), mas o caminho dos ímpios perecerá''. Em que caminho você está trilhando?

QUER SER FELIZ?
SUA FELICIDADE DEPENDE DO CAMINHO QUE VOCÊ ESCOLHER!


manancial

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

LIÇÃO DE HUMILDADE... João:13 - 1 a 11

''Depois deitou água na bacia e começou a lavar os pés aos discípulos, e a enxugar-lhos com a toalha com que estava cingido''. Jo:13-5
A responsabilidade de prover água para o visitante lavar os pés era do hospedeiro  (Lc:8-44), e a obrigação de lavar os pés era do próprio visitante ou de um escravo, um trabalho para humildes. O Senhor Jesus não estava fazendo uma ''representação'', mas dando um exemplo. Cremos que o maior pecado que está invadindo nossas igrejas é a falta de perseverança em sermos iguais ao nosso Mestre. Éramos simples e hoje somos importantes. Fomos pobres, hoje dizemos: ''rico sou, de nada tenho falta'' (Ap:3-17). Éramos humildes, hoje orgulhamo-nos da nossa humildade, perdemos o nosso ''primeiro amor'' (Ap:2-4), a nossa simplicidade. A cerimônia de lavar os pés era um apelo à humildade, mostrava a necessidade de purificação diária, de preocupação com a limpeza. No ensino de Jesus essa purificação é feita pela Palavra  (Jo:15-3). Quem aceita Jesus precisa ouvir o que Ele diz: ''aprendei de mim que sou manso e humilde de coração'' (Mt:11-29). Jesus nos ensinou que  ''aquele que se humilhar será exaltado'' (Lc:14-11). Ninguém  peca por ser humilde, ao contrário, erramos sim quando nos tornamos soberbos, presunçosos, imponentes, arrogantes, orgulhosos, vaidosos.

TENHO APREDNDIDO COM JESUS A LIÇÃO EXEMPLAR DE HUMILDADE?



manancial

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

O FIM VEM! Ezequiel:7-1 a 14

''O salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor''.
                                                                   Romanos:6-23

No texto acima o profeta anuncia que o fim de Israel havia chegado: a nação seria julgada por seus pecados e sua capital seria destruida pelo inimigo. Para nós  também haverá o fim! No entanto, alguma pessoas preferem não acreditar que um dia tudo acabará, talvez por falta de fé ou por outros motivos. Mas, por mais que se acredite em outras maneiras de o mundo continuar, de algo ninguém  pode escapar: o fim! É dificil saber quando vai acontecer, a não ser que uma doença grave tenha sido diagnosticada e os médicos dêem uma previsão do tempo de vida. Mesmo assim, certeza mesmo de quando vai partir, ninguém tem. Certo é que quem está vivo um dia vai morrer. Vamos supor que soubéssemos que iríamos morrer amanhã! O que faríamos no dia de hoje? Será que haveria tempo para não gostar dos nossos inimigos? Insistiríamos em não perdoar as mágoas do passado? Seria tão importante ir às lojas aproveitar todas as promoções que são oferecidas? Teriam valor todos os bens adquiridos até aqui? Será que alguém teria tempo para avisar o pastor ou o padre e ir pedir socorro? Afinal, a morte é o fim ou é o inicio? A Bíblia deixa claro que a morte fisica não é o fim - mas a morte espiritual é! Para quem não teve um relacionamento com Deus, ela é o fim das chances de arrependimento e de ter uma vida com Jesus, desfrutando uma alegria eterna; é o fim da luz e da esperança. Como quer que seja o fim de tudo, a morte é o encontro com Deus, quando ele vai julgar cada um pelo que fez em vida e separar os que creram em Cristo e foram fiéis a ele  para o céu e as pessoas que preferiram viver sem Deus para o tormento eterno, o inferno(Mt:24-31 a 46). Por isso  viva hoje buscando agradar a Deus com sua vida como se fosse morrer amanhã. Isso o ajudará a fazer as escolhas corretas e a não  ter medo do fim quando ele chegar.
O FIM VIRÁ! VOCÊ ESTÁ PREPARADO?

Pão diário

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

MEDO - ler Dt:18-15 a 20

''Aí de mim! Estou perdido! Pois sou um homem de lábios impuros e vivo no meio de um povo de impuros lábios; os meus olhos viram o Rei, o Senhor dos Exércitos!'' Isaías:6-5
 Você já teve medo de se aproximar de alguém? Imagino que sim, isso tambem aconteceu com o povo de Israel. O medo deles não era de uma pessoa qualquer, mas de Deus. No texto indicado acima Deus menciona o pedido que o povo de Israel lhe fez. ''Não queremos ouvir a voz do Senhor, do nosso Deus, nem ver o seu grande fogo, se não morreremos!'' (v.16). Esse pedido aconteceu por ocasião do momento em que Moisés recebeu do Senhor os Dez Mandamentos. ''Vendo-se o povo diante dos trovões e dos relâmpagos, e do som da trombeta e o monte fumegando, todos tremeram assustados. Ficaram à distância e disseram a Moisés: Fala tu mesmo conosco, e ouviremos. Mas que Deus não fale conosco, para que não morramos''. (Êx:20-18,19). Esse pedido pode nos parecer estranho, mas devemos lembrar que Deus é santo e o povo é pecador. Santidade e pecado nã podem conviver. Por esse fato, o ser humano não é aceitável diante de Deus. No Antigo Testamento temos o relato de que apenas algumas pessoas podiam  se aproximar da presença de Deus, mas era necessário obedecer a um ritual de purificação e só depois eles podiam comparecer diante do Senhor. Quando nos aproximamos de Deus percebemos o quanto somos pecadores. Percebemos diante da sua santidade que a única coisa que merecemos é a morte e o castigo eterno. A própria palavra de Deus nos diz que o salário do pecado é a morte(Rm:6-23). A boa notícia é que Deus ofereceu seu Filho em sacrifício pelos nossos pecados (I Jo:4-9,10). Portanto não há mais necessidade de sacrifícios e nem de ter medo ao nos aproximarmos de Deus. Podemos nos aproximar do seu trono com toda a confiança a fim de recebermos misericórdia e encontrarmos graça que nos ajude no momento da necessidade(Hb:4-16).

NÃO HÁ MAIS MOTIVO PARA TER MEDO DE DEUS: JESUS TOMOU SOBRE SI NOSSO PECADO.

Pão diário

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

SERVIR PELA GRAÇA

''Pelo que, recebendo nós um reino que não pode ser abalado, retenhamos a graça, pela qual servimos a Deus agradavelmente, em revência e temor'' Hebreus:12-28
''A árvore deve vir primeiro, então o fruto. Pois não é a maçã que faz a árvore, mas a árvore que faz a maçã. De modo que primeiro a fé faz a pessoa, que depois, produz as obras''(M.Lutero).Regeneração e justificação são aspectos da salvação; nem uma delas pode ocorrer sem a outra, e ao passarmos por esta maravilhosa experiência descobrimos que a vida cristã está revestida  de responsabilidade e serviço. Nosso exemplo de serviço está na pessoa de Jesus Cristo, aquele que os salvou. Seu exemplo deve impelir cada um de nós ao serviço com amor. Não podemos esquecer que o Novo Testamento encontramos a igreja sendo uma comunidade sacerdotal; Pedro usa a expressão ''sacerdócio Santo'' e sacerdócio Real''. Como filhos de Deus partilhamos deste sacerdócio. Santo, porque servimos a um Deus Santo e devemos servir em santidade de vida. Real, porque prestamos serviço ao Rei, somos servos do Reil. Servos que prestam serviço, porque estão enraizados à '' videira verdadeira'', e se estamos arraigados na videira, produziremos o fruto da videira. Nossa vida deve ser modelada por Jesus para que nosso serviço evidencie que somos de Jesus.

ESTOU ENRAIZADO EM JESUS CRISTO NO SERVIÇO DA CAUSA DO MESTRE?

manancial

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

ÓTIMO FINAL DE SEMANA A TODOS

ELEITOS PARA A SANTIFICAÇÃO

''Revestí-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de coração compassivo, de benignidade, humildade, mansidão, longanimidade''. Colossenses:3-12
Seria proveitoso se não ficássemos limitados só às lições do versículo acima, mas que lêssemos todo o capitulo citado. Quantos conselhos preciosos para o crente em Jesus que deseja uma vida consagrada e santificada! Como é sublime sabermos que Deus nos chama das trevas para a sua maravilhosa luz, Deus nos convida para a salvação mas não fica aí  apenas, ele nos chama também para vivermos uma nova vida, separada das vantagens aparentes deste mundo. O nosso pensamento deve estar sempre voltado para o alto, como disse o apóstolo Paulo: ''Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra; porque morrestes, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus''(Cl:3-2,3). ''Porque Deus não nos chamou para a imundícia mas para a santificação''(ITs:4-7). Deus é santo e deseja que seus filhos sejam santos também. O desafio bíblico para nós é possuirmos um coração compassivo, benigno, humilde, manso e longânimo - características de uma vida santificada! ''Seguí a paz com todos e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor''(Hb:12-14).


SANTIFICAÇÃO  QUER  DIZER  SEPARAÇÃO  DAS  COISAS  QUE  NÃO  AGRADAM  A  DEUS...

manancial

terça-feira, 1 de novembro de 2011

31/10/1517 - 494 anos das 95 teses de Martinho Lutero afixadas na porta da Igreja de Wittenberg

 PERDÃO E SALVAÇÃO! só através de  Jesus Cristo

''PORQUE DEUS AMOU O MUNDO DE TAL MANEIRA, QUE DEU O SEU FILHO UNIGENITO PAR AQUE TODO AQUELE QUE NELE CRÊ NÃO PEREÇA MAS TENHA A VIDA ETERNA''. Jo:3-16

Os cinco “solas” presentes no manifesto de Martinho Lutero: Sola Scriptura, Sola Christus, Sola Gratia, Sola Fide, Soli Deo Gloria! 31 de Outubro, comemora-se o dia da reforma, igreja reformada e sempre se reformando”. Os cinco “solas”, escritos originalmente em latim, significam Somente as Escrituras, somente Cristo, somente a Graça, somente a Fé e somente a Deus a Glória, e representam os pontos essenciais do cristianismo, sob a visão de Martinho Lutero, e te todo aquele que deseja viver o puro evangelho ''a boa noticia''

sábado, 29 de outubro de 2011

PAZ

''Em breve o Deus da paz esmagará Satanás debaixo dos pés de vocês'' Romanos:16-20

A promessa de Deus dirigida aos cristãos romanos no versiculo acima é para todo cristão autêntico e pode  ser sua também,   muitos cristãos sofreram por sua fé em Cristo, mas foram consolados por esta palavra de esperança do triunfo final sobre Satanás. Este triou a paz do mundo quando conseguiu enganar Adão e Eva, induzindo-os a desobedecer a Deus. Com isso, roubou-lhes a paz com Deus e entre eles. Desde então há conflitos nas relações pessoais, sociais e a hostilidade acompanha a humanidade. Alguém comentou que a paz é o tesouro que mais se procura no mundo, mas ao mesmo tempo a maior das ilusões. Para tornar esse tesouro real e não ilusório, Deus enviou seu Filho, Jesus Cristo o ''Principe da Paz'', para restaurar a relação entre o homem e Deus e entre as pessoas que o amam. Ainda assim o inimigo procura perturbar onde puder no lar, na vizinhança, na nação para gerar desavenças , desentendimentos, conflitos e até guerras. Com sutileza inspira certas pessoas a introduzir conflitos e divisões entre os cristãos e criar obstáculos ao ensino da Palavra de Deus (v.17). Para a sua própria satisfação eles enganam os ingênuos a segui-los, ''ensinando coisas que não devem, e tudo por ganância (Tt:1-11). O resultado é a falta de paz entre os irmãos. O  Deus da paz deseja conduzir você nos caminhos da justiça em meio às pressões da vida e prepará-lo para a vinda de Cristo. Por isso estabeleça um programa de leitrua diária da Biblia e de oração,  pois a falta de orientação constante deixa a pessoa sem meios de fazer frente às ''ondas'' religiosas populares, que conseguem levar muitos cristãos ao erro e à consequente falta de paz. Um dia o Rei dos Reis reunirá  todos os fiéis para juntos com ele, esmagar a cabeça da ''Antiga Serpente''. Alegre-se na gloriosa vitória que o Deus da paz concede já hoje e definitivamente na vinda de Cristo!

A PAZ ENTRE NÓS DEPENDE DA PAZ COM DEUS QUE JESUS NOS TROUXE...

Pão diário

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

ENTRE!

''{Jesus disse:}Eu sou a porta; quem entra por mim será salvo. Entrará e sairá, e encontrará pastagem''.     
                                                                              Jo:10-9
Quantas pessoas estão neste momento desanimadas e desacreditadas! Os problemas são tantos que não parece haver solução. Quando vamos atrás de uma saída, o espaço é tão imenso que nos perdemos, tropeçamos, caímos, somos machucados e decepcionados e quando percebemos estamos à  beira de um abismo. No desespero, muitos acabam buscando respostas consultando lobos disfarçados de ovelhas - ou ladrões e assaltantes, como diz o texto acima de João-10. Solicitam conselhos e opiniões sem examinar a idoneidade moral de seu conselheiro. É preciso lembrar que o status social de uma pessoa não demonstra seu caráter. Feliz aquele que não busca conselhos de pessoas que não seguem a Deus. O rei Salomão nos dá uma grande lição de humildade, pois apesar de sua reconhecida sabedoria, buscava conselhos de outras pessoas. Em Provérbios aprendemos que os planos fracassam por falta de conselho, mas são bem-sucedidos quando há muitos conselheiros(Pv.15-22). Bons conselhos podem ajudar a encontrar a saída, mas temos de consultar pessoas capazes sinceras. Muitos querem encontrar uma saída quando na realidade deveriam procurar uma entrada...pela porta certa. Um exemplo disso são os usuários de drogas, eles têm de buscar uma entrada, ou seja, um novo caminho, não apenas uma saída - para  onde? Precisam de um caminho repleto de amizades sadias, de paz e de respeito entre as pessoas. Como encontrá-lo? Jesus afirmou: ''Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, a não ser por mim''(Jo:14-6). Jesus é o único caminho; a única verdade e a vida verdadeira. Só por ele temos acesso ao Pai e à vida eterna na glória de Deus. Jesus não é a saída! e sim a porta de entrada para a libertação que nos levará, certamente, a uma nova vida agora e eternamente.
NÃO ADIANTA SAIR DO PROBLEMA SEM ENTRAR NA SOLUÇÃO. ESTA CHAMA-SE JESUS!

Pão diário

sábado, 22 de outubro de 2011

JESUS SALVADOR

''ela dará à luz um filho, a quem chamarás JESUS; porque ele salvará o seu povo dos seus pecados''Mt:1-21

UM GRANDE E ABENÇOADO FINAL DE SEMANA A TODOS NA DOCE PAZ DO SENHOR..

sábado, 15 de outubro de 2011

GRANDE FINAL DE SEMANA A TODOS NA PRESENÇA DO SENHOR...

''ANDAR SABIAMENTE''
...Portanto, vede diligentemente como andais, não como néscios, mas como sábios, usando bem cada oportunidade, porquanto os dias são maus. Ef: 5-15,16
As evidências identificam o sábio. A primeira e principal é o temor a Deus, aqui entendido como conhecimento e compromisso com ele. O sábio aproveita bem as oportunidades, sua capacidade é investida em trabalhos dignos. Em seu estilo de vida vemos que ele procura evitar aquilo que contraria a vontade de Deus. Andar como sábio implica ainda em reconhecer que ''os dias são maus, e que nossa luta é contra os poderes malignos'' Ef:6-12. É possível que voce não tenha se dado conta, com quem tem lutado em casa, no trabalho, na escola ou em outro lugar. Peça a Deus para ver a situação, como ele deseja que seja vista, peça compreensão e discernimento das circunstâncias especificas ao problema. Peça sabedoria que Deus  que ''a todos dá liberalmente e não censura, e ser-lhe-á dada'' Tg:1-5.  


TENHO ANDADO COMO SÁBIO, APROVEITANDO BEM AS OPORTUNIDADES?

manancial

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

O BEM MAIS DESEJÁVEL

''Mais desejáveis são do que o ouro, sim, do que muito ouro fino; e mais doces do que o mel e o que goteja dos favos''. Salmo:19-10
Para os cidadãos do reino de Deus, o bem mais desejável é a recompensa oferecida por Deus, a qual é prometida pela sua Palavra, mediante a fé. Uma grande recompensa: A salvação em Cristo Jesus! Porém, infelizmente muitos somente esperam a morte terrena para adquirir esta vida tão sonhada: Uma vida de qualidade! Segundo os ensinamentos deste salmo, Deus exige que na vida terrena os seus filhos sejam testemunhas vivas, mostrando que já adquiriram a misericórdia mediante a graça de Deus. E o testemunho sugerido neste memorável salmo é que as palavras, ações e atitudes sejam agradáveis em todas as suas atividades terrenas, sejam elas sociais, profissionais, sentimentais ou familiares. Seja você, juntamente com sua família, possuidor deste bem mais desejável: Uma vida de qualidade, resultado do temor e obediência a Deus.

A PALAVRA DE DEUS, É MUITO MAIS PRECIOSA QUE O OURO E MAIS DOCE QUE O MEL...

manancial

terça-feira, 11 de outubro de 2011

A AUTORIDADE DE JESUS

''E falavam-lhe deste modo: Diz-nos, com que autoridade fazes tu estas coisas? Ou, quem é o que te deu esta autoridade?'' Lucas:20-2


JESUS, estava levando as boas novas de Deus ao povo. Estava no templo ensinando, anunciando o evangelho. De repente, é interrogado pelos doutores da lei; e a pergunta que fizeram a ele nos faz refletir hoje. ''Com que autoridade fazes tu estas coisas? Ou quem é o que te deu esta autoridade?''. Como cristãos, salvos em Jesus Cristo, temos autoridade dada pelo Senhor, para pregar o seu evangelho e relaizar as obras que ele realizou. Somos seus servos, sua imagem e semelhança. Muitas vezes, diante das provações, olhamos para nós mesmos e esquecemos da autoridade de Jesus, que os restaura a ferida, nos quebranta, faz de cada um de nós um vaso novo. Ele, que é o único que tem autoridade para ser Senhor e Mestre, Jesus venceu o pecado e a morte, sofreu a nossa morte para que vivêssemos sua vida. Como servos, devemos nos colocar nas mãos do Senhor, e permitir que ele nos molde e nos use. Que nossas vidas sejam sempre um aroma suave, uma oferta viva diante do seu altar.

TENHO EXERCIDO A AUTORIDADE QUE JESUS ME DEU PARA PREGAR  SEU EVANGELHO?


manancial

sábado, 8 de outubro de 2011

UM ÓTIMO FIM DE SEMANA A TODOS NA DOCE PAZ DO SENHOR JESUS....

''O RECONHECIMENTO DE CRISTO''
Vinde, vede um homem que me disse tudo quanto tenho feito; será este, porventura o Cristo? Jo:4-29

 Quando a mulher samaritana disse a Jesus que esperava que o Messias viesse, o Mestre fez questão de se apresentar: ''Eu o sou; Eu que falo contigo''. Pode você imaginar o que se passou na mente e no coração daquela mulher? Aquele que ela havia pensado ser um profeta, aquele que lhe havia ensinado como é a verdadeira adoração que agrada a Deus, agora diante dela se apresenta como o legítimo enviado de Deus, o desejado de Israel. Qual foi a sua atitude? Deixou o cântaro e foi à cidade, anunciar a todos que ele era o Cristo. Que missionária! Imediatamente, ao reconhecer o Salvador, dá testemunho dele. E nós, estamos fazendo isso? Como estamos lidando com esta tão grande e maravilhosa noticia que já temos recebido?

O SENHOR JESUS NOS DEU UMA ORDEM: IDE PREGAI A BOA NOVA ''o evangelho''

manancial

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

MISERICÓRDIA PARA A VIDA

''conservai-vos no amor de Deus, esperando a misericórdia de nosso Senhor Jesus Cristo para a vida eterna''
Judas:20-21

A meditação de hoje traz uma mensagem confortadora. Todos necessitamos da misericórdia de Deus. Muitas vezes nos sentimos sozinhos, desanimados, desamparados e tristes. Assemelhamo-nos ao paralítico de Betesda, que disse a Jesus: ''Senhor, não tenho ninguém que, ao ser agitada a água, me ponha no tanque'' (Jo:5-7). Atentemos para essa verdade: só podem esperar pela misericórdia de Deus aqueles que se conservam em seu amor. Estamos necessitando da misericórdia de Deus e queremos saber como podemos nos consevar em seu amor? Vejamos: 1) andar no Espírito Santo e cultivar os seus dons; 2) andar como Cristo andou; 3) oração; 4) evitar as consupiscências da carne. Aqueles que vivem assim, são objetos do seu amor e receptáculos das suas bençãos. ''Não pergunto ao ferido como se sente, eu mesmo me torno uma pessoa ferida''. Deus age assim: ''A benignidade do Senhor jamais acaba, as suas misericórdias não têm fim; renovam-se cada manhã. Grande é a tua fidelidade'' (Lm:3-22,23).

TENHO ME CONSERVADO NO AMOR DE DEUS PARA ALCANÇAR A MISERICÓRDIA DO SENHOR?


manancial

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

CONFIAR NO DOM OU NO DOADOR?

''E sucedeu que ...o ribeiro se secou'' . I Reis:17-7

O preparo da nossa fé será imcompleto se não entendermos que existe uma providência na perda, um ministério na falha e enfraquecimento das coisas, uma dádiva no vazio. As inseguranças materiais da vida contribuem para a  firmeza espiritual. A tênue correnteza junto à qual o profeta Elias estava assentado e meditando, é uma figura da vida de cada um de nós. '' E sucedeu que ...o ribeiro se secou'' - eis a história do nosso ontem e a profecia dos nossos amanhãs. De uma forma ou de outra, teremos que aprender a diferença entre confiar no dom e confiar no Doador. O dom pode ser bom por um tempo, mas o Doador é o Amor Eterno! Querite representava um sério problema para  Elias, até que chegou a Sarepta. Então tudo ficou claro como o dia, as palavras duras de Deus nunca são Suas últimas palavras. Os aís, as perdas e as lágrimas da vida fazem parte do interlúdio, não do fim. Se Elias tivesse sido levado diretamente a Sarepta, teria perdido uma experiência que ajudou a fazer dele um profeta mais sábio e um homem melhor. Junto a Querite ele viveu pela fé. E quando em nossa vida se secar algum ribeiro de recursos terrenos, aprendamos que a nossa esperança e socorro estão no Deus que fez o céu e a terra.

GLORIFIQUE, POIS A ELE! EM TUDO DAI GRAÇAS PORQUE ESTA É A VONTADE DE DEUS.

mananciais no deserto

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

SANGUE REMIDOR

''em quem temos a redenção pelo seu sangue, a remissão dos nossos delitos, segundo as riquezas da sua graça''.   Efésios:1-7

A palavra remir significa comprar duas vezes. Em nossa cultura ela não tem a força que tinha para alguns dos primeiros leitores do apóstolo Paulo, em sua maioria escravos. Sua vida na antiguidade era dura. Sem outro direito que não fosse o do sofrimento, vivia em média sete anos. Neste prazo, ou morria, ou matava seu senhor, ou fugia. Por isso eram tão frequentes as guerras: era necessário renovar sempre os estoques. Mesmo porque, qualquer cidadão, por mais pobre que fosse, precisaria ter no mínimo uns dois escravos para pedir esmolas. A liberdade só era possível se ele fosse comprado uma segunda vez por alguém que quisesse libertá-lo. A primeira compra significava o senhorio do mal, a dor de ser adquirido para servir em condições sub humanas. A segunda, significava a redenção. A possibilidade de voltar a ser homem livre com direitos iguais na sociedade. Nós também somos, inicialmente, comprados pelo pecado. Não temos em nós mesmos condições de fugir do mal. Ele nos escraviza em nossa carne, dominando nossos instintos e desejos. Mas Deus providenciou uma segunda compra, com a única moeda válida dele: o sangue de Jesus! Só assim podemos ser livres para viver uma vida digna e santa diante de Deus e dos homens. Aleluia...

JÁ SOU VERDADEIRAMENTE LIVRE?

manancial

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

DEMORA E SOFRIMENTO...fazem parte da benção prometida por Deus!

''Sabe, com certeza, que a tua posteridade será peregrina em terra alheia, ...e será afligida por quatrocentos anos''. ''...e depois sairão com grandes riquezas''. Gn:15-13,14

Demora e sofrimento são parte certa da benção que Deus nos prometeu. Uma demora durante a vida de Abraão que parecia tornar impossível o cumprimento da promessa de Deus, foi seguida por uma demora aparentemente insuportável aos descendentes dele. Mas foi apenas uma demora: eles sairam ''com grandes riquezas''. A promessa foi cumprida! Deus vai me provar por meio de demoras; e com as demoras vem o sofrimento, mas no meio de tudo permanece a promessa de Deus: sua nova aliança comigo em Cristo e Sua inviolável promessa de toda benção que eu necessitar -  por menor que seja. A demora e o sofrimento são parte da benção prometida. Louvemos o Seu nome hoje por ambos; esperemos no Senhor com bom ânimo, e Ele fortalecerá o nosso coração.
Espera, pois  pelo Senhor...  Deus não é homem, para que minta; nem filho do homem, para que se arrependa; porventura diria ele, e não o faria? Ou falaria, e não o confirmaria? Nm:23-19

mananciais no deserto

terça-feira, 27 de setembro de 2011

FÉ E CONFIANÇA, INDEPENDENTE DAS CIRCUNSTÂNCIAS!

''Andamos por fé e não pelo que vemos''. II Corintios:5-7

 Por fé, e não pelo que vemos; Deus não quer que olhemos para o que sentimos. O eu, sim pode querer isto; e Satanás também. Mas Deus quer que observemos os fatos, não as emoções: a realidade de Cristo, e a obra completa e perfeita que fez por nós. Quando olhamos para essa preciosa realidade, e cremos nela simplesmente porque Deus diz que é realidade, Ele toma conta dos nossos sentimentos e emoções. Deus nunca nos dá emoções para nos encorajar a confiar nEle; Deus nunca nos dá emoções para sabermos que já confiamos inteiramente nEle. Deus só nos dá emoções, quando vê que estamos confiando nEle, mesmo sem sentir nada! Descansando apenas na Sua Palavra e na Sua fidelidade em cumprir as Sua promessas! É só então que as emoções (quando são de Deus) podem nos sobrevir. E Deus nos dará as emoções, na medida e no momento que o Seu amor achar melhor para cada caso em particular. Precisamos escolher entre olhar para as nossas emoções e olhar em direção às realidades de Deus. Nossas emoções podem ser incertas como o mar ou as areias movediças. A realidades de Deus são tão certas como a Rocha Eterna dos séculos, Cristo! Que é o mesmo ontem, hoje e para sempre.

O QUE  MAIS AGRADA  AO SENHOR É VER EM  NÓS CONFIANÇA PLENA NELE.


mananciais no deserto

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

UM MARAVILHOSO FINAL DE SEMANA A TODOS EM NOME DE JESUS!

  FRUTO!
''Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito''. Gálatas:5-25

O homem vivia originalmente em condições que hoje parecem até irreias: desconhecia qualquer outra forma de viver senão em relacionamento total com o seu Criador e não tinha noção do que era ser qualquer outra coisa senão aquilo para o que fora criado: um ser segundo a imagem de Deus. Parece ter-se sentido tolhido em suas possibilidades e, ''esperto'', escolheu dar-lhe as costas. Pensou continuar vivendo (e respirava sim), mas na verdade etava morto, sofrendo uma deterioração da imagem divina original. Em Gl:5-19 a 21 há uma lista que aparece praticamente com as mesmas palavras nos jornais diários de hoje - Paulo a chama de obras da carne, o que o homem longe de Deus é. Varia o grau, disfarça-se um pouco, mas a essência é a mesma. Quando se fala de salvação, é comum restringir o pensamento ao que acontecerá com a alma após a morte. Mas ela começa, aqui e agora, resgatando o homem de si mesmo. Quando, pela fé, a vida de alguém é unida à de Jesus, aquele que estava morto em seu isolamento da  fonte de vida é vivificado pelo Espírito de Deus. Isto é descrito nas Escrituras como tornar-se morada do Espírito Santo. Inicia-se então um processo maravilhoso de restauração da imagem divina - um caminhar progressivo que leva o salvo a manifestar cada vez mais o caráter de Jesus de Nazaré, em quem se manifestou toda a beleza divina. A lista: amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio, chamada de fruto do Espírito, no fundo é apenas um conjunto de palavras  que tentam descrever em linguagem humana um pouquinho do caráter do Deus Eterno. Quem já se rendeu a Jesus Cristo tem o desafio de submeter-se continuamente ao Espírito Santo, para ser gradualmente transformado, tendo como alvo revelar plenamente o caráter do Mestre.

O PRIMEIRO BENEFICIADO PELO FRUTO DO ESPIRITO É AQUELE QUE O MANIFESTA...

Pão diário

terça-feira, 20 de setembro de 2011

RIO DA VIDA!

''O rio da água da vida..., claro como cristal, fluía do trono de Deus''. Apocalipse:22-1

As terras próximas dos rios permanecem verdes, as flores desabrocham, as sementes nascem, crescem e frutificam exuberantes. Os pássaros descem fatigados do seu vôo e banham-se nas águas límpidas e frescas; animais abrem suas tocas nas margens férteis e passeiam aqui e ali, satisfeitos com a amenidade das paragens. Ao redor de um rio existe vida abundante, rica dádiva que desponta da nascente e escoa pelo seu leito, engrossando mais e mais, até a embocadura. A vida de Deus que existe nos cristãos autênticos deve ser como um rio que nasce nas montanhas e escoa para o mar, onde ele passa, vai transformando tudo em bençãos e vitalidade. Será verdade? Seríamos você e eu esse canal de bençãos em meio aos desertos desta vida? Permita que o Espírito Santo de Deus encha a sua vida de águas vivas a fim de saciar a sede febril da humanidade sem Deus, espalhando à mão cheia bençãos incomparáveis. Se a sua vida estiver completamente cheia da graça e do poder do Espírito de Deus, ela transbordará para o seu ambiente. O Senhor Jesus Cristo, certa feita exclamou: ''Se alguém tem sede, venha a mim e beba. Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva''(Jo:7-37,38). O plano de Deus é transformar em canais aqueles cuja vida é dirigida por Cristo - verdadeiras correntes invisíveis através dos quais o seu Espirito - o Divino Consolador - opera soerguendo o mundo perdido. O cristão é apenas um instrumento nas mãos de Deus, e somente por meio dele sua obra misericordiosa é comunicada ao coração e à vida dos homens. A vida baseada em Cristo, a fonte de água viva, torna-se tão poderosa que, em toda parte onde ela passe, acabará deixando um rastro de vida e de bençãos - uma amostra do grande Rio da Vida que Deus nos promete no texto que lemos acima.


O AMOR DE DEUS QUER PREENCHER-NOS E TRANSBORDAR PARA O MUNDO ÁRIDO EM QUE VIVEMOS!


Pão diário

sábado, 17 de setembro de 2011

SER FELIZ!

"Como é feliz aquele que não segue o conselho dos ímpios, não imita a conduta dos pecadores, nem se assenta na roda dos zombadores''. Salmo:1-1

          ''FELIZ FINAL DE SEMANA A TODOS EM NOME DE JESUS''

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

A GLÓRIA DO TESTEMUNHO CRISTÃO

''Porque a nossa glória é esta: o testemunho da nossa consciência, de que com simplicidade e sinceridade de Deus, não com sabedoria carnal, mas na graça de Deus, temos vivido no mundo, e de modo particular convosco.'' II Co:1-12
A glória  do verdadeiro crente em Jesus Cristo não consiste em coisas passageiras, efêmeras deste mundo, mas no testemunho fiel de uma vida cheia do Espírito Santo. Consiste no testemunho consciente de que vivemos uma vida santa e sincera diante de Deus. Como pessoas salvas, temos obrigação de promover o reino de Deus e testemunhar de Jesus Cristo. O apóstolo Paulo é  um exemplo disso, foi ele quem afirmou: ''Pois se anuncio o evangelho, não tenho de que me gloriar, porque me é imposta essa obrigação; e aí de mim, se não anunciar o evangelho'' ICo:9-16. Ser continuador da obra que Jesus iniciou na terra é um grande privilégio do cristão, no entanto, seja qual for o nosso trabalho no reino de Deus, devemos executá-lo com profunda humildade e com o mesmo espírito que dominou a vida do apóstolo Paulo: ''Mas longe esteja de mim gloriar-me, a não ser na cruz do nosso Senhor Jesus Cristo...'' Gl:6-14, e também: ''Aquele que se gloria, glorie-se no Senhor'' ICo:1-31.

QUE SEJA ESTE O NOSSO SENTIMENTO COMO CRENTES QUE SOMOS EM JESUS CRISTO!


manancial

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

BABEL: um Desafio dos Homens a Deus


''E a arrogância do homem será humilhada, e a sua altivez se abaterá, e só o Senhor será exaltado naquele dia''. Isaías:2-17
Os homens decidiram construir uma torre cujo topo alcançasse o céu. Era uma tarefa condenada ao fracasso. Mas os envolvidos nela sabiam disso? Deus determinou que iria dispersá-los e para isso confundiu as línguas. Hoje em dia, o ser humano ainda continua elevando torres em todas as áreas. Porém, “a soberba precede a ruína” (Pv:16-18). A soberba consiste especialmente em esquecer que o homem é uma criatura cuja existência e aptidões físicas, mentais e espirituais dependem do Criador. O homem atribui o mérito de tudo o que é, o que pensa, o que faz, o que conquista a si mesmo. A soberba é, portanto, acima de tudo, um desafio a Deus. A soberba existe em todos os níveis. Um criminoso se orgulha de transgredir as leis humanas. Um pensador liberal se orgulha de não ser restringido pelas leis morais. Os políticos se vangloriam de deter o poder. Esquecem-se de que não teriam autoridade se não lhes fosse dada por Deus. A soberba ainda caracteriza muitos dos líderes religiosos, que usam o nome de Deus para manipular os outros. E ela também não se manifesta entre os que crêem? Como nos custa sermos humildes! Há somente um remédio: compreendermos o quanto necessitamos da graça de Deus e  imitar ao Senhor Jesus, que disse: “Aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração” (Mt:11-29)

CRESCEI NA GRAÇA E  CONHECIMENTO DE NOSSO SENHOR E SALVADOR JESUS CRISTO!
extraído-www.apaz.com.br

terça-feira, 13 de setembro de 2011

TESOUROS NO CÉU

''Insensato! Esta mesma noite a sua vida lhe será exigida. Então, quem ficará com o que você preparou?''
                                                                               Lucas:12-20b

Dizem que Alexandre o Grande teria expressado seus três últimos desejos antes de morrer:
1- que seu caixão fosse transportado pelos melhores médicos da época
2- que seus tesouros conquistados (prata,ouro e pedras preciosas) fossem espalhados até o seu túmulo
3- que suas mãos fossem deixadas fora do caixão, à vista de todos
Um dos seus generais, admirado com esses estranhos desejos, teria perguntado o motivo de tais pedidos, explicados a seguir por Alexandre: ''Quero mostrar que os médicos não têm poder de cura perante a morte; que as pessoas vejam que os bens materiais que consquistamos, aqui permanecem e também que entendam que de mãos vazias viemos e de mãos vazia partiremos''. A vida de Alexandre não foi um bom exemplo, no entanto ele foi um grande lider e herói. Se o fato for verídico, deixou-nos três lições preciosas que deveriam nortear nossa vida. Mas infelizmente muitos vivem como se nunca fossem morrer. Ajuntam para si tesouros na terra como se aqui  fosse o céu! Outros trabalham tanto durante a vida que nem lhes sobra tempo para aproveitar o que ganhou e existe quem invista todos os seus esforços no trabalho comprometendo sua saúde e depois tem que gastar tudo que guardou com tratamentos médicos e remédios tentando adiar um pouco a morte. A vida terrena é uma só e é curta, como diz a Palavra de Deus: ''Os dias da nossa vida chegam a setenta anos, e se alguns, pela sua robustez, chegam a oitenta anos, o orgulho deles é canseira e enfado, pois cedo se corta e vamos voando'' Salmo:90-10. Alexandre o Grande morreu aos trinta e três anos, talvez você viva mais que ele, talvez já passou dos trinta faz tempo ou ainda nem chegou lá. No entanto todos partiremos deste mundo mais cedo do que gostaríamos e vamos nos encontrar com Deus. E o que será depois? Jesus disse que devemos acumular tesouros no céu, pois estes são os que realmente têm valor para Deus. Qual é o seu tesouro? Onde você está investindo o seu tesouro?

OS TESOUROS DAQUI FOGEM DE NÓS - OS DO CÉU VÊM AO NOSSO ENCONTRO!

Pão diário

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

PERMANÊNCIA NA FÉ

''se é que permaneceis na fé, fundados e firmes, não vos deixando apartar da esperança do evangelho que ouvistes, e que foi pregado a toda criatura que há debaixo do céu, e do qual eu, Paulo, fui constituido ministro''. Colossenses:1-23

Uma coisa é estar dentro dos assuntos do Reino de Deus e outra bem diferente é caminhar ao redor do Reino de Deus. Estamos diante de uma condicional  ''se''. O apóstolo está argumentando com respeito àqueles que estavam na comunidade deixando transparecer que haviam tido uma experiência pessoal com o Senhor. Muitos há que se dizem cristãos, mas que pouco apresentam de vivência de fé. Encontramos em nossas comunidades de fé os amigos do evangelho;  acostumarm-se a estar presentes nos cultos, cantam, oram, lêem a Bíblia, mas pouca diferença fazem. São estes que aos primeiros sinais de turbulência espiritual abandonam o barco. A argumentação de Paulo gira em torno do fato que uma pessoa que genuinamente vivenciou, experimentou um relacionamento  profundo com o Senhor, jamais se apartará da esperança que o Evangelho produz. Há uma dupla responsabilidade para nós os salvos, ou seja , cumprir nossa responsabilidade reconciliados e exibir o caráter de ter sido transformados. Somos conclamados a ''negar-se a si mesmo, tomar a sua cruz  e seguir o Senhor''.
MINHA VIDA ESTÁ DENTRO DO REINO DE DEUS OU CAMINHA AO REDOR DO REINO?

manancial

sábado, 10 de setembro de 2011

ETERNO AMOR - ler Oséias:11-1 a 11

Com amor eterno eu te amei; por isso, com benignidade te atraí. Jr:31-3b
Presente, passado e futuro são os tempos que conhecemos, mas para Deus só existe um: a eternidade! Eterno é aquilo que não termina, que se perpetua e se mantém constante.Vinicius de Moraes teria desejado à sua amada um amor eterno enquanto durasse (na verdade, ele disse ''infinito''). Todavia, essa é a ''eternidade''do amor humano: de repente acaba. Haveria algum amor cuja eternidade não acabe jamais? O amor de Deus é assim. É eterno desde sempre e será eterno até sempre! Ele sempre nos amou, mas só reconhecemos esse amor quando decidimos seguir Jesus. Não conhecemos Deus desde sempre, mas a partir daquele momento a eternidade de seu amor se apropria de nós e nos envolve para sempre! O livro de Oséias, onde está o texto que lemos acima, mostra como Deus ama profundamente seu povo. Nossa relação com Deus deve ser permeada por seu amor eterno e transofrmador. Mas não confunda tal amor com arroubos românticos entre Criador e criatura. Não! O amor de Deus é perfeito e revela-se em atos, testemunhos, mudanças. Ele sustenta a vida, encanta nosso coração, realinha os horizontes da alma, pinta a vida com outras cores. Faz sorrir, chorar, tocar, olhar, orar, adorar, exaltar e amar. O amor de Deus produz perdão, simplicidade, contrição. Transforma, preenche, alegra, potencializa. É alimento, canção e vida! Poucas coisas levam-nos de volta ao começo de tudo, uma delas é o amor de Deus, imprescindível a quem o conhece. Se o seu ''primeiro amor'' por Deus se tornou raro, frágil ou inexistente, volte correndo a encontrá-lo. Busque-o com fome voraz e ''encha-se'' dele. No meio de toda a temporalidade e futilidade de nossa existência e de tantos apetrechos inúteis que a envolvem, não deixe que o amor fique ofuscado ao ponto de quase sumir. Deixe tudo e volte correndo ao amor eterno, ao Deus cujo amor quer envolvê-lo para sempre!

RETRIBUA O ETERNO AMOR DE DEUS COM AMOR E OBEDIÊNCIA!

Pão diário

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

VESTES BRANCAS - Apocalipse:3-1 a 6

''Quem me confessar diante dos homens, eu também o confessarei diante do meu Pai que está nos céus.''
                                                         Mateus:10-32

 No texto acima, Jesus disse que aqueles cristãos de Sardes que não contaminaram as suas vestes(com o pecado) andariam com ele vestidos de branco, pois eram dignos. A promessa estende-se a toda a Igreja de Cristo, em todos os tempos. Em Apocalipse 19, lemos novamente sobre uma roupa branca como presente divino, o texto fala de um banquete especial, cujos convidados são os que têm o seu nome escrito o Livro da Vida e estão vestidos de branco - uma roupa de linho, resplandecente e pura (Ap:19-8). A cor da roupa, branco, representa pureza, e assim a vitória sobre o pecado - condição para a participação no banquete, Jesus afirmou que os puros de coração verão a Deus (Mt:5-8), ou seja, aqueles que decidiram não se contaminar com o que desagrada ao Senhor. São pessoas fiéis, que escolheram seguir Jesus e permanecem neste caminho até o fim. Por isso, seus nomes constam no Livro que registra quem passará a eternidade com Deus. Quando chegarem ao céu, vitoriosos, serão reconhecidos por Cristo, vestidos de branco e reunidos a todos os que foram libertados pelo Senhor da escravidão do pecado. Juntos comemorarão sua vitória, obtida por meio de Cristo. Então, sabendo que apenas os cristãos autênticos e fiéis serão assim honrados, o que podemos fazer para ter vitória na vida cristã? Precisamos lembrar o que lemos e ouvimos da Palavra de Deus permitindo que Deus transforme nossa vida por meio dela, e também das maravilhas que Deus tem feito. Agora, o  esquecimento pode se tornar um grande obstáculo na vida cristã! Cristo chamou a atenção da igreja de Sardes para que lembrasse o que tinha recebido e então demonstrasse arrependimento e obediência. Precisamos fazer o mesmo. Quem permanecer fiel por toda a vida receberá sua recompensa no céu: ''passará a eternidade na presença de Deus''.

QUEM PERMANECER FIEL ESTARÁ PRESENTE NA COMEMORAÇÃO DA VI´TÓRIA DE CRISTO...

Pão diário

                                                                                                       

terça-feira, 6 de setembro de 2011

RECOMPENSA DE UM BOM EMPREENDIMENTO...

''E disse aos que estavam ali: tirai-lhe a mina, e dai-a ao que tem dez minas''. Lucas:19-21

O Senhor nos convocou para cuidar do seu rebanho aqui na terra e proclamar a mensagem de salvação! Ele nos deu dons e talentos para usarmos em sua obra. E na vida cristã não podemos ficar  parados, empregamos nossos dons e progredimos, ou perdemos aquilo que temos ou pensamos ter. A vinda de Jesus ao mundo submete cada homem ao teste, impele cada homem a tomar uma decisão. E essa decisão não é coisa leviana. É uma questão de vida ou  morte. É importante que cada um de nós faça uma análise do empreendimento que tem feito, e o melhor empreendimento que podemos fazer é nos colocarmos à disposição de Deus, caso contrário, perderemos o sentido da vida, perderemos as bençãos celestiais, e seremos apenas: ''mais um no meio da multidão, vazios e frutrados''. (...) ''tirai-lhe a mina, e dai-a ao que tem as dez minas''. Temos empregado nossos dons e talentos na causa do nosso Mestre?

O QUE TENHO FEITO COM TUDO AQUILO QUE O SENHOR CONFIOU A MIM?

mananciais

sábado, 3 de setembro de 2011

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

AO TEMPO PERDIDO!


     “A vocês, graça e paz da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo“.2 Coríntios 6.1
 
No restaurante de uma pousada havia um quadro, onde estava escrito: “Al tempo perduto!” – “Ao tempo perdido!” – Talvez o autor desta inscrição quisesse divulgá-la e, ao mesmo tempo advertir quem a lesse, usando um humor sutil. Fato é que podemos aproveitar bem o nosso tempo ou desperdiçá-lo. Tempo perdido é um pensamento assustador! Com gratidão temos que aceitar que o tempo é um presente único de Deus. Tempo é graça (favor imerecido)! Mas também é verdade que a graça tem o seu tempo. Nenhum ser humano pode determinar quando reconhecerá a Deus ou quando aceitará sua palavra. O nosso texto aborda duas possibilidades surpreendentes: podemos fechar-nos para a maravilhosa oferta de Deus. Neste caso, vivemos no tempo da graça, mas, para nós ela não terá conseqüências. O presente que recebemos se tornou inútil. Por outro lado, a Palavra de Deus nos diz com muita seriedade que o tempo de graça pode ter como conseqüência o juízo: “Eis que vêm dias, diz o Senhor Deus, em que enviarei fome sobre a terra, não de pão, nem sede de água, mas de ouvir as palavras do Senhor. Andarão de mar a mar, e do norte até ao oriente; correrão por toda parte, procurando a palavra do Senhor, e não a acharão” (Amós 8.11 e 12). Por isso o apóstolo Paulo nos adverte a aproveitar a oportunidade. Agora é o tempo da graça, tempo em que Deus nos oferece seu favor imerecido. Hoje também é o dia no qual você pode aceitar o perdão e no qual recebe de presente o tempo para fazer a vontade de Deus!
Não perca tempo!
Fonte: Com Deus
www.semprecomdeus.com.br

terça-feira, 30 de agosto de 2011

BENDITA ESPERANÇA

''...fé e conhecimento que se fundamentam na esperança da vida eterna, a qual o Deus que não mente prometeu antes dos tempos eternos'' Tito:1-2
É assustador perceber como tem avançado a busca pelas coisas imediatas. Cada vez mais as pessoas têm pressa, cada vez mais correm contra o tempo, procurando aproveitar cada  segundo, como se fosse sempre o último. A desesperança é evidente, procura-se viver o máximo, na maior intensidade possivel  em tempo cada vez mais curto, pois não se espera nada para a eternidade. Ou melhor, não se crê na eternidade. O que importa é só o aqui e o agora. Sem fé em Cristo não se consegue visualizar um amanhã depois da morte. A situação é tão séria e a influência desse estilo de vida em desespero é tão forte que cremos ser necessário relembrar aos cristãos que a nossa situação é diferente! Nós cremos na vida eterna, temos a bendita esperança, e mesmo no meio de dificuldades momentâneas podemos nos alegrar ao vislumbrar um amanhã muito melhor, pois não contamos com Cristo só para esta vida. Se assim esperássemos, seríamos considerados, como Paulo disse em ICo:15-19, os mais miseráveis dos homens. Na verdade o evangelho tem grandes promessas já para esta vida, ele nos mostra a razão de viver, ensina-nos a conviver com os outros, mostra-nos que nunca estamos sós em meio às lutas....enfim, suas mensagens providenciam-nos os caminhos da felicidade já, mas muito mais do que isso, apontam para a felicidade eterna. Como Paulo mostrou em sua carta a Tito, a esperança da vida eterna é a  base da mensagem cristã. Assim, se a deixarmos de fora, todo o castelo dasabará. Não caiamos nessa tentação, não procuremos trazer o céu para a terra, pois aqui enfrentamos dificuldades, mas vivamos alegres, dia após dia, confiando na promessa do Deus que não mente. Exercitemos nossa fé na bendita esperança da vida eterna.

A ESPERANÇA DA VIDA ETERNA ÉA A BASE DA MENSAGEM CRISTÃ!

Pão diário

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

ENCERRADOS PARA AQUELA FÉ...

''Mas, antes que a fé viesse, estávamos guardados debaixo da lei, e encerrados para aquela fé que se havia de manifestar''. Gl:3-23

No passado, Deus deixou que o homem ficasse sob  a guarda da lei, a fim de que aprendesse o caminho mais excelente da fé. Pois na lei ele veria os altos padrões de Deus, e também reconheceria sua própria incapacidade; então estaria predisposto para aprender o caminho divino da fé. Deus ainda nos encerra para a fé!  Nossa natureza, nossas circunstâncias, provas e desilusões, todas servem para nos encerrar guardados, até que vejamos que a única saída é o caminho divino da fé. Moisés tentou conseguir o livramento de seu povo pelo esforço próprio, pela influência pessoal, e até pela violência. Deus teve de deixá-lo quarenta anos no deserto, até ele estar preparado para o trabalho. Paulo e Silas foram enviados por Deus a pregar na Europa. Desembarcaram e foram a Filipos e foram açoitados e postos na prisão com os pés no tronco. Ficaram ali encerrados para a fé, mas confiaram em Deus, entoaram louvores a Ele na hora mais escura, e Deus operou livramento e salvação. João foi exilado na ilha de Patmos; foi encerrado para a fé, não tivesse ele sido encerrado, nunca teria visto tão gloriosas visões de Deus. Amado, você está em alguma grande dificuldade? Teve alguma desilusão? Sofreu alguma dor terrivel, alguma perda muito grande? Está num lugar dificil? Ânimo! Você está encerrado para a fé! Aceite sua dificuldade da maneira certa, entregue-a a Deus, louve-O porque Ele faz com que: ''todas as coisas cooperem para o bem e porque Deus trabalha para aquele que nele espera''. Você receberá bençãos, auxilio e revelações de Deus que de outra forma não lhe teriam sobrevindo, e além de você, muitos receberão grandes bençãos e revelações porque a sua vida esteve encerrada para a fé!

VALE A PENA PASSAR PELA PROVA PARA  SAIR COMO OURO PURO REFINADO!


mananciais no deserto

terça-feira, 23 de agosto de 2011

REMINDO O TEMPO...


                                 ''Remindo o tempo; porquanto os dias são maus''. Efésios:5-16
 Sempre devemos nos lembrar de que o tempo é uma preciosa dádiva de Deus. Ele nos deu o tempo para que o usemos, e o usemos bem. Em outras palavras: Ele nos deu o tempo para que transformemos os minutos, horas e dias em valores eternos. Se não fizermos isso e perdermos nosso tempo precioso, estaremos desprezando uma grande dádiva de Deus. Devemos nos conscientizar de que o tempo perdido não volta nunca mais. Cada minuto que passa se foi definitivamente; ele não voltará mais nem em toda a eternidade! Por meio do tempo que nos foi dado, temos a possibilidade de trabalhar para Deus. Pois todos os filhos de Deus são Seus colaboradores, cada um no lugar em que Deus o colocou. Nenhuma pessoa sobre a terra transformou tanto o tempo em valores eternos como nosso Senhor Jesus. João diz no Evangelho: "Há, porém, ainda muitas outras cousas que Jesus fez. Se todas elas fossem relatadas uma por uma, creio eu que nem no mundo inteiro caberiam os livros que seriam escritos". O tempo é curto e a causa do Rei tem pressa! Por isso seja fiel na administração e no uso da quantia limitada de tempo que lhe foi confiada. Então um dia você ouvirá: "Muito bem, servo bom e fiel; foste fiel no pouco, sobre o muito te colocarei: entra no gozo do teu Senhor."

Pérolas diárias

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

TUDO ESTÁ PREPARADO...


                   ''Hoje, se ouvirdes a sua voz, não endureçais  os vossos corações'' Hb:4-7
                                           ''Vede que não rejeiteis ao que fala'' Hb:12-25

Poucos dias antes de Sua crucificação, o Senhor Jesus contou a história de um “um  certo rei que celebrou as bodas de seu filho” (Mateus 22:1-14). Ela ilustra admiravelmente a graça de Deus que convida gente de todo tipo a partilhar de Sua alegria. Tudo está preparado, não falta nada, somente uma resposta ao chamado de Deus. Normalmente, as pessoas não recusam um convite de casamento, e menos ainda quando se trata de uma cerimônia real. No entanto, nessa parábola, os convidados dão as desculpas mais esfarrapadas. Essa reação ridícula ilustra o que nós somos. Aceitamos com muito gosto convites por amizade ou conveniência, mas quando Deus nos convida, colocamos obstáculos para tudo. Um convite desinteressado nos parece absurdo. Contudo, é assim que Deus age. Não recusemos a oferta divina por nenhum pretexto. O salão de recepções ficará cheio com todos os que aceitaram o convite, qualquer que seja o grau de culpa diante dos olhos dos homens, pois todos são salvos pela mesma graça de Deus através da fé em Seu Filho, Jesus Cristo. Para participar dessa festa era preciso colocar a roupa de gala, dada pelo próprio rei no momento em que os convidados chegavam, já que vinham da forma que estavam quando abordados pelos servos do rei (v. 10). Portanto, a única condição que Deus estabelece para nos acolher em Seu paraíso é que desistamos da nossa justiça própria e nos vistamos do próprio Senhor Jesus (1 Coríntios 1:30). 
 ACEITE O CONVITE QUE O SENHOR TE FAZ, AINDA ESTÁ EM TEMPO!
 extraído

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

ENTRISTECIDOS, MAS SEMPRE ALEGRES... II Cor:6-10

''E eu serei para vós Pai, E vós sereis para mim filhos e filhas, Diz o Senhor Todo-Poderoso''.2 Co:6-18

A Tristeza era bela, mas sua beleza era como a beleza do luar, quando passa através dos ramos das árvores na mata e forma pequenas poças de prata pelo chão. Quanto a Tristeza cantava, suas notas soavam como o doce e suave canto do rouxinol, e em seus olhos havia aquele ar de quem cessou de esperar pela vinda da alegria. Ela sabia, compadecidamente, chorar com os que choram; mas alegrar-se com os que se alegram? Era-lhe desconhecido. A Alegria era linda também, e a sua beleza era como uma radiante manhã de verão, seus olhos ainda traziam o riso alegre da meninice, e em seus cabelos estava o brilho do sol. Quando a Alegria cantava, sua voz se lançava aos ares como a cotovia, e seus passos eram como os passos do vencedor que jamais conheceu derrota. Ela podia alegrar-se com os que se alegram; mas chorar com os que choram? Era-lhe desconhecido. ''Nós nunca podemos estar unidas'', disse a Tristeza pensativa. ''Não, nunca''. E os olhos da Alegria ficaram sérios, quando respondeu! O meu caminho, atravessa campos ensolarados, as roseiras mais lindas florescem quando passo, para que as colha, e os melros e tordos esperam minha passagem para derramar seus mais alegres cantos. O meu caminho, disse a Tristeza afastando-se vagarosamente, atravessa a mata sombria, minhas mãos só podem encher-se das flores noturnas, contudo toda a beleza e valor que a noite encerra me pertencem! Adeus, Alegria, adeus. Quando ela acabou de falar, ambas tiveram consciência de uma presença próxima; indistinta, mas com um aspecto de realeza. E uma atmosfera de reverência e santidade as fez ajoelharem-se perante Ele! ''Eu o vejo como o Rei da alegria'', murmurou a Tristeza, pois sobre a Sua cabeça estão muitas coroas, e as marcas das Suas mãos e pés são sinais de uma grande vitória. Diante dele toda a minha tristeza está se transformando em amor e alegria imortais, e eu me dou a Ele para sempre. Não Tristeza, sussurrou a Alegria, ''eu o vejo como o Rei da dor'', Sua coroa é de espinhos e as marcas das Suas mãos e pés são marcas de  uma grande agonia, eu também me dou a Ele para sempre, pois a tristeza com Ele deve ser muito mais doce do que qualquer alegria que eu conheço! ''Então nele nós somos uma''! Exclamaram com júbilo, pois somente Ele poderia unir Alegria e Tristeza. E de mãos dadas saíram elas para o mundo para seguí-lo na tempestade e na bonança, na desolação do inverno e na alegria do verão.
''entristecidos, porém sempre alegres''.

O SERVO DO SENHOR EMBORA ENTRISTECIDO, CONHECE UMA ALEGRIA QUE SÓ O SENHOR JESUS PODE DAR!

mananciais no deserto